terça-feira, 7 de setembro de 2010

Cantando No Banheiro

Toda vez que eu vou tomar banho, fico inventando versões extraordinariamente originais de músicas infantis. Tomo essa liberdade agradável por que tem tanta gente que inventa letras de música como Rebolation... Ao menos minhas versões são criativas! Igualmente  idiotas, reconheço, mas muito mais criativas!

(as minhas invenções estão em itálico!)

Divirtam-se e inventem outras!

A BARATA

A barata diz que tem sete saias de filó
É mentira da barata ela tem é uma só
hahaha, ohohoh, ela tem é uma só!

A barata diz que tem um sapato de fivela
É mentira da barata o sapato é da irmã dela
hahaha, ohohoh, o sapato é da Irma dela!

A barata diz que tem um anel de formatura
É mentira da barata ela tem é casca dura
ahaha, ohohoh, ela tem é casca dura!

A barata diz que tem sete saias de filó
É mentira da barata ela tem uma fábrica de lingerie
haha, ohohoh, ela tem uma fábrica de lingerie!

A barata diz que foi passear de avião
É mentira da barata ela viajou ao centro da terra
ahaha, ohohoh, ela se dissolveu no magma subterrâneo
ahaha, ohohoh, ela se afogou no magma subterrâneo

A barata diz que tem um anel de casamento
É mentira da barata ela freqüenta casa de swing
hahaha, ohohoh, ela dá pra todo mundo
hahaha, ohohoh, o anel dela está mais largo!

A barata diz que fez faculdade de medicina
É mentira da barata ela fez faculdade de química
hahaha, ohohoh, ela é imune a bombas nucleares
hahaha, ohohoh, ela é imune ataques nucleares!

--------------------------------------------------------

MARILU

Eu tinha uma galinha que se chamava Marilu
Um dia fiquei com fome e papei a Marilu.
Marilu, Marilu, tinha cara de babaca
Marilu, Marilu, botava ovo pela cloaca.

Eu tinha uma vaquinha que se chamava Zarali
Um dia fiquei com fome e papei a Zarali.
Zarali, Zarali, tinha cara de careta.
Zarali, Zarali, botava leite pela teta!

Marilu, Marilu, transava até com urubu
Marilu, Marilu, botava ovo pelo sul

Eu tinha uma tartaruga que se chamava Maria Felisbertina
Um dia fiquei com tédio e caguei na cara dela
Maria Felisbertina, Maria Felisbertina, ficou com a cara na merda
Maria Felisbertina, Maria Felisbertina, nunca mais viu a luz do sol

Eu tinha um hipopótamo que se chamava Jean-Jaques Leopoldino
Um dia fiquei ódio e flambei o Jean-Jaques Leopoldino
Jean-Jaques Leopoldino, Jean-Jaques Leopoldino
Tinha a cara de felino
Jean-Jaques Leopoldino, Jean-Jaques Leopoldino
Botava ovo pela culatra!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário!